<>
HomeNotíciasPotencialize a sua Produção: plante Mudas Enxertadas
 

Potencialize a sua Produção: plante Mudas Enxertadas

Publicado em 07/02/2022

Mudas enxertadas são uma excelente alternativa de produção de hortaliças que são produtivas, mas que não possuem resistências a nematoides e doenças, viabilizando a produção em áreas antes impróprias.

Cultivo de Mudas Enxertadas

– Por Eng. Agr. e Dra. Letícia Akemi Ito Pontes

As plantas enxertadas tem sido muito utilizadas como manejo de cultivo em solos contaminados por patógenos ou quando se pretende um aumento de vigor na planta.

Há no mercado, uma quantidade grande de cultivares de porta-enxertos visando resistências a nematoides e doenças do solo, para aumento de vigor da planta e melhoria da qualidade do fruto, o ideal é se adequar às necessidades de cada produtor.

As culturas mais enxertadas são tomate, pepino e pimentões, mas também são realizadas enxertias em berinjelas, melancias e melões.

Há também a possibilidade de se fazer uma poda apical das mudas enxertadas ou pés-francos de tomate, também conhecida como “poda turca”, “poda belga” ou “pinch”, que consistem no corte do meristema apical da muda de modo a formar duas, três ou quatro hastes principais, as quais serão conduzidas.

Os mais diversos porta-enxertos, permitem conduzir tomates em até quatro hastes com boa produtividade, já que o sistema radicular vigoroso, consegue enviar água e nutrientes em quantidades suficientes para essas quatro partes.

A enxertia é uma ótima alternativa de produção de hortaliças que não são resistentes a determinadas doenças de solo e que dificilmente conseguem ser controlados por produtos fitossanitários. É um manejo diferenciado e que não agride o meio ambiente, tornando possível a produção das hortaliças em áreas antes impróprias.

Glossário

Enxertia

A enxertia é uma técnica de propagação de plantas, em que uma planta é unida a outra, de modo que venham constituir um único vegetal. Basicamente há duas partes: porta-enxerto e enxerto.

Porta-Enxerto

Porta-enxerto ou “cavalo” é uma planta rústica, resistente a pragas e doenças, com o sistema radicular vigoroso, e que tem a finalidade de manter a parte aérea sem o contato com o solo.

Enxerto

Enxerto ou “cavaleiro” é a parte ou fragmento da planta que se pretende multiplicar.

Pontos chaves de usar enxertia

  • Permite o cultivo em solos contaminados por patógenos;
  • Promove o aumento do vigor da planta; e,
  • Pode aumentar significativamente a produtividade e a longevidade da lavoura (duração da colheita)

Vantagens Diretas da Enxertia

  • Melhoria e maior eficácia do sistema radicular;
  • Grande chance para assegurar maior proteção a doenças de solo e nematoides; e,
  • Grande chance de potencializar características desejáveis do produto que se pretende colher e vender: Rendimento, Cor, Sabor, Formato, Textura, Brilho, etc.

Vantagens Indiretas da Enxertia

  • Com maior número de hastes, aumenta-se o espaçamento entre plantas e, consequentemente, pode se reduzir o número de plantas por área;
  • Pode se reduzir as aplicações de defensivos, principalmente aqueles direcionados a controle de pragas e doenças de solo;
  • Enxertias abaixo do cotilédone do porta-enxerto, evita desbrotas desnecessárias, que ocasionam “portas” de entradas para doenças; e,
  • Aumenta a qualidade dos frutos e proporciona à planta maior resistência às adversidades climáticas